quarta-feira, 4 de março de 2009

Borboletices

Quem te ensinou a voar?
Asas de brisa e seda...
verde ou cor de azul do mar.
Asas de sol, quatro estações, primavera até o luar.

Quem te ensinou o revelo?
Pequena alma pequena, ao vento a soluçar.
Asas de cores vivas, viva em mim, viva em milhões...

Viva.

Quem te ensinou a ser flor que sem o entrave do caule vai e aprende a voar?

Quem me ensinou a te amar?
Quem foi?

O que tenho já nem sei...
onde estou... aonde vou...


Apenas você chegou.
Apenas olhei.
Apenas te vi entrar, em silêncio, na solidão
pouco a pouco, nesta fenda...

nesta fenda coração.

3 comentários :

  1. Que lindinho, amor!! Gosto muito das coisas que você escreve. E Este em especial!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Tem postagem nova! abraços, Deusa Pagã!

    ResponderExcluir
  3. Sílvia Damasceno20 de abril de 2009 14:17

    Oi, adorei o poema. Que blog lindo!! Beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo! \0/
Obrigada pela visita!